quarta-feira, 23 de abril de 2014

Pão doce

Não era a minha intenção postar novamente uma receita de pão, mas como aconteceu de eu fazer esse e ter gostado tanto, acho que vale a pena postá-la.
Super fácil de fazer e de resultado surpreendente pelo gosto e também pela beleza.

Amorne 01 xícara leite e nele dissolva 50 g fermento biológico (fresco) (eu usei somente 45g), coloque no copo de um liqüidificador e acrescente 04 colheres sopa açúcar, 04 ovos,  01 xícara óleo e 01 colher chá sal
Bata bem e depois de batido coloque o líquido numa tigela e ...
... vá acrescentando trigo, quase 1 kg. Amasse bem até não grudar nos dedos. É uma massa agradável de trabalhar.
Eu deixei descansar uns 20 minutos e logo em seguida dividi a massa em 15 bolinhas.
Coloquei-as em uma assadeira redonda, untada com óleo e farinha de trigo e deixei crescer mais um pouco. As bolas do meio foram um pouco maiores que as do lado, então depois de assado as do meio ficaram mais altas e com isso deu um formato arredondado ao pão que me agradou.
Em bem pouco tempo a massa cresceu e foi preenchendo os espaços vazios. Levei ao forno pré-aquecido 180°-220°C por uns 40 minutos. O tempo vai depender do tamanho de sua assadeira e do tamanho de suas bolas de massa.
Cheque com um palito principalmente o meio do pão para certificar-se de que está bem assado.
Ele fica bem alto e uma delícia!!
Faça uma calda com 01 xícara de açúcar cristal e 1/2 xícara de água. Leve ao fogo até ficar uma calda grossa e passe no pão. Eu espetei uma faca entre as bolas para que a calda penetrasse bem.
Idéia: para brincar com as crianças, esconda no meio de algumas bolas um brinquedinho que não derreta. (Avise antes de comer para que ninguém os engula ou quebre os dentes!)

Na Suīça, no dia de Reis, 6 de janeiro, pães como estes são vendidos com 1 reizinho escondido numa bolinha e quem o achar, é o Rei do dia e é coroado com a coroa que é vendida junto com o pão.
Nestes 25 anos, eu raramente achei o Rei :(



Fotos: Arquivo Pessoal